Software Livre

DEFINIÇÃO


Software livre, segundo a definição criada pela Free Software Foundation é qualquer programa de computador que pode ser usado, copiado, estudado e redistribuído sem restrições, o conceito de livre se opõe ao conceito de software restritivo (software proprietário), mas não ao software que é vendido almejando lucro (software comercial), a maneira usual de distribuição de software livre é anexar a este uma licença de software livre, e tornar o código fonte do programa disponível.

Um software é considerado como livre quando atende aos quatro tipos de liberdade para os usuários do software definidas pela Free Software Foundation:

  • A liberdade para executar o programa, para qualquer propósito.

  • A liberdade de estudar como o programa funciona, e adaptá-lo para as suas necessidades, acesso ao código-fonte é um pré-requisito para esta liberdade.

  • A liberdade de redistribuir, inclusive vender, cópias de modo que você possa ajudar ao seu próximo.

  • A liberdade de modificar o programa, e liberar estas modificações, de modo que toda a comunidade se beneficie.


Alguns dos softwares livres mais conhecidos e usados:


  • Sistemas operacionais: GNU/Hurd, GNU/Linux, BSDs, OpenSolaris.

  • Ferramentas de desenvolvimento:
  • Plataforma de desenvolvimento: Eclipse (programação em Java e PHP) e NetBeans (Programação em C, C++, Java, Python, UML e outras).
  • Linguagens de programação: Python,Java, Perl, PHP, Lua, Ruby, Gambas e Tcl.

  • Servidores:
  • Servidor de nomes: BIND.
  • Servidor web: Apache.
  • Servidor de arquivos: Samba.
  • Servidor e cliente de email: Evolution.
  • Servidor de aplicações: Zope e Apache Tomcat.

  • Bancos de dados relacionais: MySQL, Postgres.

  • Programas de interação gráfica: GNOME, KDE e Xorg.

  • Aplicativos:
  • Navegadores Web: Firefox,Konqueror.
  • Pacote de escritório: OpenOffice.org.